This content is not available in your region

Forças russas terão entrado na fábrica Azovstal

Access to the comments Comentários
De  Sasha Vakulina & Euronews
Mapa de Mariupol, Ucrânia
Mapa de Mariupol, Ucrânia   -   Direitos de autor  EURONEWS   -  

As forças russas terão entrado na fábrica Azovstal, em Mariupol. revela o Instituto para o Estudo da Guerra (ISW). David Arakhamia, chefe do partido em maioria no parlamento da Ucrânia, disse que os soldados russos entraram na siderurgia, onde permanece a última resistência da cidade.

O Kremlin nega que as tropas russas tenham invadido a fábrica e afirmam que no local estão abertos corredores humanitários.

Mas o comandante das forças ucranianas nas instalações fala que "batalhas sangrentas e difíceis" estão a ser travadas dentro da fábrica, onde ainda há civis retidos, incluindo feridos.

Mapa da fábrica Azovstal, onde os combates se intensificaram

Ainda de acordo com o Instituto para o Estudo da Guerra, as forças russas conduziram uma série de contra-ofensivas sem sucesso no eixo sul.

As tropas ucranianas dizem ter retomado o controlo de uma série de povoações na fronteira das regiões de Mykolaiv e Kherson.

Exército russo vê ofensivas frustradas

No leste, o exército russo envolveu-se em várias ofensivas terrestres sem sucesso a sul de Izyum e não avançou significativamente nos esforços para cercar as tropas ucranianas a sudeste de Izyum e a oeste da linha de frente de Donetsk-Luhansk.

Fontes russas e ucranianas confirmam que uma contra-ofensiva ucraniana empurrou as tropas russas para trás, a 40 quilómetros da cidade de Kharkiv.

Mapa das movimentações militares na região de Kharkiv

O ministério da Defesa do Reino Unido diz que apesar das operações terrestres russas estarem centradas na Ucrânia oriental, os ataques com mísseis continuam em todo o país, à medida que a Rússia tenta dificultar os esforços de reabastecimento da Ucrânia.

Mapa dos combates em curso na Ucrânia

Bielorrússia dá início a exercícios militares

De acordo com os serviços secretos britânicos, foram observadas forças terrestres bielorrussas destacadas da guarnição para o terreno, para exercícios. A prática está de acordo com as normas sazonais. 

É provável que a Rússia procure inflacionar a ameaça que estes exercícios representam para a Ucrânia a fim de fixar as forças ucranianas no Norte, impedindo-as de se empenharem na batalha pelo Donbass.