Kremlin rejeita condições de Biden para negociações sobre a guerra

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Vladimir Putin, Presidente da Rússia.
Vladimir Putin, Presidente da Rússia.   -   Direitos de autor  Mikhail Metzel/Sputnik

A Casa Branca confirmou que Joe Biden estaria disposto a falar com Putin para encontrar uma solução para a paz.

De acordo com o porta-voz do Conselho de Segurança da Casa Branca, John Kirby, Joe Biden disse que se "Putin estivesse pronto para acabar com a guerra na Ucrânia, estaria pronto para conversar com ele”, ainda que o Presidente russo não esteja a demostrar “nenhum sinal disso”, acrescentou.

O responsável americano disse ainda que “o foco é assegurar que continuam a trabalhar com aliados e parceiros, não só para responsabilizar a Rússia, mas também para continuar a apoiar a Ucrânia no campo de batalha”.

O Kremlin já disse, entretanto, que rejeitava as condições apresentadas pelo presidente americano, que incluiam a retirada total das forças russas de território ucraniano. O chanceler alemão, Olaf Scholz, conversou com Putin ao telefone sobre o assunto, mas o presidente russo não quer ceder e desistir dos territórios conquistados durante a invasão.

Para Kiev, as conversações de paz só são possíveis se a Rússia deixar de atacar a Ucrânia e retirar as suas tropas russas de solo ucraniano, incluindo da Crimeia.