Google despede 12 mil trabalhadores

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Google avança com despedimentos
Google avança com despedimentos   -   Direitos de autor  AP Photo/John Locher

A norte-americana Alphabet, a proprietária da Google, vai despedir mais de 12 mil funcionários, o que representa mais de 6% da mão-de-obra. É a maior vaga de despedimentos na história da empresa, que através de um comunicado justificou a decisão com o argumento de que, "depois de vários anos de crescimento espetacular, enfrenta uma realidade económica muito diferente".

Segundo a Alphabet, os despedimentos foram anunciados depois de uma "revisão rigorosa" em todas as áreas com o objetivo de realinhar os custos da empresa.

A Alphabet está a seguir o exemplo de outras gigantes tecnológicas, como a Microsoft, que na última quarta-feira anunciou uma redução de 10 mil postos de trabalho.

Empresas como a Amazon, a Salesforce, a Meta ou o Twitter também avançaram com milhares de despedimentos.