Última hora

Última hora

O Supremo Tribunal de Espanha optou por uma linha mais branda que a da Audiência Nacional e liberta sob caução os membros da mesa dirigente do parlamento autónomo da Catalunha
Read full article