Última hora

Última hora

BCE mantém taxas de juro inalteradas

Em leitura:

BCE mantém taxas de juro inalteradas

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu (BCE) manteve a taxa básica de juros na zona euro inalterada em 3,75%. Esta decisão era esperada pela generalidade dos analistas.

A taxa da zona euro encontra-se no seu valor mais alto desde Setembro de 2001, depois de ter sofrido sete aumentos consecutivos desde Dezembro de 2005.

O presidente do BCE explicou as razões da sua decisão.

“Devido ao contexto económico favorável, a nossa política monetária continua com taxas de juro moderadas, com um crescimento do dinheiro e do crédito vigorosos e uma liquidez suficiente na zona Euro. Por isso, e tendo em conta o futuro agimos de forma firme e atempada para assegurar a estabilidade dos preços a médio prazo”, disse Jean-Claude Trichet, presidente do BCE.

Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha a taxa de juro está actualmente nos 5,25%, bem acima da que vigora na zona euro.

No entanto, a maioria dos analistas acredita que em Maio ou Junho o BCE volte a elevar os juros, para prevenir eventuais pressões inflacionárias. Os economistas estimam que a zona Euro atingirá no final do ano taxa de 4%.

As últimas estatísiticas confirmam o vigor do crescimento na zona euro. O Eurostat reviu em alta o crescimento da economia em 2006, de 2,6 para 2,7%. A taxa de desemprego diminuiu para 7,3 %, o nivel mais baixo desde 1993. A confiança dos consumidores e das empresas está no nivel mais alto desde 2001.