Última hora

Última hora

Ações da VW disparam depois de anúncio de fusão com Porsche

Em leitura:

Ações da VW disparam depois de anúncio de fusão com Porsche

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de 1 de Agosto, a Porsche vai estar a 100% nas mãos da Volkswagen. O anúncio fez disparar os títulos do maior construtor europeu esta quinta-feira em Frankfurt, valorizaram 5%, a maior subida do Dax.
O título da Porsche fechou a cair 1,24%

Os dois contrutores alemães já estavam ligados através das participações das respectivas holdings. A Volkswagen detinha, indiretamente, 49,9 % da Porsche desde 2009.

Para avançar com a fusão, Volkswagen vai ter de pagar ao fabricante automóveis de luxo quase 4 mil e 500 milhões de euros e uma ação ordinária. A operação deve traduzir-se numa poupança de 320 milhões de euros.

Há sete anos, a Porsche queria comprar a Volkswagen, na altura em dificuldades.

Mas uma recuperação espetacular da Volkswagen fez disparar o preço do título em bolsa: desde 2005, o valor de mercado quadruplicou. A Porsche, principal acionista ficou “com a corda no pescoço” por causa dos impostos sobre as mais-valias que teve que pagar.”

Em 2009, a Porsche, o construtor automóvei mais rentável do mundo só evitou a falência graças à ajuda financeira vinda do Qatar que, em troca, exigiu a fusão com a Volkswagen.

O que acontece agora. Esta união vai permitir à Porsche pagar as dívidas e aumentar os lucros da Volkswagen no próximo ano.