Última hora

Última hora

Novos métodos de ensino sem fronteiras

Em leitura:

Novos métodos de ensino sem fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

A chamada troca horizontal de informação é cada vez mais usada entre os professores e os alunos. Trata-se de uma forma de transmitir novas práticas de ensino e de beneficiar das experiências de grupo. Fomos conhecer diferentes projetos na Argentina, no Qatar e na China.

Argentina importa método cubano de ensino

Río Cuarto fica na província de Córdoba, no centro da Argentina. Em 2010, uma ONG decidiu implementar o programa cubano de alfabetização neste bairro desfavorecido. A campanha chama-se “Yo si puedo” e levou os habitantes do bairro de volta aos bancos da escola. Nunca é tarde para aprender e os estudantes mostram-se rejuvenescidos com as aulas. Uma revolução, no ensino, importada de Cuba.

Qatar: Encontro de culturas

As portas do Museu de Arte Islâmica, em Doha, no Qatar, abriram-se aos professores da Academia de Artes de Boston, dos Estados Unidos. Na bagagem, trouxeram um projeto da chamada educação pelos pares. Os formadores decidiram ensinar fora das salas de aula e têm, pela frente, alunos que já são professores.

O projeto aposta nas novas tecnologias para dar aos professores mais recursos pedagógicos. Uma plataforma digital é usada como ferramenta de colaboração entre escolas, docentes e estudantes dos quatro cantos do mundo.

China: Solidariedade dentro e fora da sala de aula

Um grupo de alunos fez uma longa viagem de Bruxelas até Xangai para mergulhar num intercâmbio cultural muito especial. Nove mil quilómetros separam a Escola Europeia de Bruxelas desta escola, nos subúrbios de Xangai. Uma distância que não impediu o jovem Marcello de organizar a viagem em nome da solidariedade.

O objetivo é renovar o estabelecimento onde têm aulas 800 crianças, filhas de trabalhadores migrantes sazonais. Os alunos conseguiram angariar nove mil euros para restaurar algumas partes da escola chinesa.

Para mais informações clique no link:

migrantschoolproject
elsolonline