Última hora

Última hora

Os novos mundos do "My Destination"

Em leitura:

Os novos mundos do "My Destination"

Tamanho do texto Aa Aa

Viemos a Londres, mas esta estória começou em Marbella. Os protagonistas da aventura “My Destination” são James, Neil, dois dos vencedores dos Euronews Business Awards. “Para mim, viajar é algo que todos deviam poder experimentar, faz-nos crescer, é um investimento no qual nada se perde, só se acrescentam memórias. É isso que tentamos fazer no ‘My Destination’: inspirar as pessoas para viajarem, para conhecerem destinos novos. Podem entrar no nosso site e ver sítios que nunca tinham sido uma opção, desde a Roménia, até Alberta, no Canadá. Ou então ver um vídeo, conhecer dados interessantes e pensar ‘aqui está um sítio para passar as próximas férias’”, diz James Street.

James, co-fundador do “My Destination” explica os fundamentos da génese: “conseguimos montar este negócio porque, em cada destino, temos colaboradores que trabalham para nós, o que foi útil para nos orientar turisticamente. Nascemos na era da Internet, não na da Lonely Planet, que todos os anos, ou em cada dois, enviava alguém aos sítios para atualizar os guias. Vivemos numa época em que as pessoas querem informação atualizada em tempo real. E isso podemos fornecer aos nossos clientes.”

James e Neil conheceram-se num curso de Gestão da Universidade de Bath. Os próprios dizem que o que tinham em comum era o apelo do empreendedorismo. Tendo isso em mente, foram para Marbella. Neil Waller conta que começaram “com 600 libras e um computador portátil, literalmente. Tentámos montar um site. Depois expandimos para alguns destinos europeus, começámos a recrutar gente, mas não funcionou. E foi aí que surgiu o modelo de franchising. No primeiro ano, 3, depois 12… Agora são 125 em 58 países. Tornou-se numa grande equipa. Começámos nas 600 libras, agora temos lucros de 2 milhões, e contamos chegar aos 5 milhões no ano que vem.”

A equipa tem 250 pessoas, 30 das quais trabalham na sede em Londres.