Última hora

Última hora

Brasil x Chile e Holanda x México nos oitavos-de-final

Em leitura:

Brasil x Chile e Holanda x México nos oitavos-de-final

Tamanho do texto Aa Aa

São já conhecidos os primeiros encontros dos oitavos-de-final do Mundial de futebol. A competição dura já há 12 dias e as coisas começam a ficar claras.

No grupo A, mesmo se não começou da melhor forma, o Brasil qualificou-se, tal como o México. No grupo B, a Holanda e o Chile estão qualificadas, depois de uma dura batalha em São Paulo.

No jogo contra os Camarões, o Brasil não duvidava da vitória, quando Neymar abriu o marcador ao minuto 17. Mas o balde de água fria chegou ainda na primeira parte, com um golo camaronês assinado por Joel Matip. Os brasileiros respiraram de alívio quando o mesmo Neymar voltou a mostrar quem manda com mais um golo, ao minuto 34. Fred e Fernandinho fizeram ainda o gosto ao pé, já na segunda parte, para uma vitória por 4-1. O Brasil garante o primeiro lugar no grupo.

O México também já está qualificado, depois da vitória sobre a Croácia. Rafael Márquez, Andrés Guardado e Javier Hernández foram os autores dos três golos mexicanos. Perišić marcou o golo dos croatas. O jogo ficou ainda marcado pelo cartão vermelho mostrado a Ante Rebić.

O Brasil vai encontrar-se com o Chile nos oitavos-de-final, enquanto ao México vai caber a difícil tarefa de tentar bater a Holanda.

A classificação do grupo A fica então com o Brasil em primeiro e o México em segundo, ambos com sete pontos, a Croácia fica eliminada, com três pontos e os Camarões terminam este mundial sem pontuar.

Mesmo sem Van Persie, a Holanda provou que é uma das grandes seleções deste mundial. Frente ao Chile, a laranja mecânica conseguiu a terceira vitória consecutiva.

Os dois golos apareceram já na segunda parte, primeiro por Leroy Fer, aos 77 minutos e depois por Memphis Depay, já perto do final.

A Holanda garante assim o primeiro lugar no grupo B e passa aos oitavos-de-final, tal como o Chile.

No outro jogo que fechou a primeira fase no grupo B, a Espanha deu um prémio de consolação aos fãs e faz as malas com pelo menos uma vitória na bagagem.

Já eliminados, os campeões do mundo em título pareceram, por momentos, voltar à grande forma, com uma vitória por 3-0 face à Austrália. Marcaram dois históricos da seleção, David Villa e Fernando Torres e ainda Juan Mata.

A Holanda é a única equipa do grupo B a fechar a primeira fase com nove pontos, seguida pelo Chile com seis. Fora dos oitavos-de-final ficam a Espanha, com três pontos, e a Austrália, com zero.

A Colômbia, que enfrenta o Japão, só precisa de um empate para garantir o primeiro lugar do grupo C, deixando à Costa do Marfim a tarefa de tentar qualificar-se, pela primeira vez, para os oitavos. No grupo D, a Itália e o Uruguai enfrentam-se em Natal, naquele que é um jogo crucial para ambas as equipas.

É o jogo do tudo ou nada, quer para a Itália, quer para o Uruguai. A Costa Rica já garantiu o primeiro lugar do grupo. O outro bilhete para os oitavos pertence a quem vencer este jogo. Em caso de empate, passa a Itália, que tem um “goal average” mais favorável.

O capitão Gianluigi Buffon já disse aos companheiros que é dia de jogar para ganhar, mesmo se o empate chega, e evitar que se repita o desastre de há quatro anos, quando os então campeões em título saíram ao fim da fase de grupos.

O Uruguai chega a este jogo motivado pela vitória sobre a Inglaterra que valeu aos ingleses o bilhete de regresso a casa.

A dupla Suarez-Cavani promete dar trabalho a Buffon, que foi o obreiro da vitória da Itália no último encontro entre as duas equipas, que acabou a penáltis, na Taça das Confederações.

A Costa Rica comanda o grupo com seis pontos. Itália e Uruguai têm três pontos e a Inglaterra, já eliminada, tem zero.

No grupo C, está tudo em aberto. A Colômbia já tem a passagem garantida, mas a Grécia, a Costa do Marfim ou Japão podem ainda alcançar um lugar nos oitavos.

É o que a Grécia de Fernando Santos vai tentar conseguir neste encontro com a Costa do Marfim. O português não pode contar com Katsouranis e deve trocar Kostas Mitroglou por Fanis Gekas.

Para já, são os africanos quem está em vantagem, no segundo lugar do grupo com três pontos. O vencedor deste encontro vai também ter de ter em conta o resultado do Japão-Colômbia e esperar que os japoneses não vençam por uma grande diferença.

A Costa do Marfim chega ao jogo num clima de tragédia. Os irmãos Yaya e Kolo Touré entram em campo de luto pelo irmão, Ibrahim, morto quinta-feira.

A Colômbia é líder do grupo com seis pontos, a Costa do Marfim ocupa o segundo lugar com quatro. Japão e Grécia têm ambos um ponto.

Vamos agora ver as previsões da equipa de desporto da euronews para os jogos de terça-feira. São apenas palpites e é claro que podemos estar enganados: Apostamos numa vitória da Costa Rica sobre a Inglaterra, que sai assim de mãos a abanar, e num empate entre Itália e Uruguai. Outras previsões apontam para vitórias da Colômbia sobre o Japão e da Costa do Marfim contra a Grécia. Não se esqueça de dar também o seu, através das redes sociais, usando o “hashtag” #TheCornerScores.