Última hora

Última hora

Lewis Hamilton, quem haveria de ser?

Em leitura:

Lewis Hamilton, quem haveria de ser?

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão de atribuir pontos a dobrar na última prova prometia emoção até ao fim, mas o Grande Prémio de Abu Dhabi foi tão aborrecido como o resto da temporada.

Lewis Hamilton é o novo campeão do mundo de Fórmula 1 e o seu registo não deixa margem para dúvidas. Alcançou onze vitórias em 19 corridas e só por três vezes esteve ausente do pódio, precisamente nas três corridas em que foi obrigado a abandonar.


Também em Yas Marina o seu domínio foi evidente. Lewis Hamilton partiu como uma bala e roubou a liderança a Nico Rosberg ainda antes da primeira curva.

O alemão teve um dia negro. Nunca baixou os braços, é certo, mas também nunca conseguiu ameaçar o inglês. Sofreu vários problemas no monolugar, foi dobrado pelo companheiro de equipa e terminou na 14ª posição.

Lewis Hamilton nunca correu riscos e acabou a festejar o segundo título mundial da carreira. Nem o forcing final de Felipe Massa foi suficiente para lhe causar dores de cabeça.

O brasileiro efectuou uma excelente corrida e terminou na segunda posição. O seu companheiro de equipa na Williams, Valtteri Bottas, completou o pódio.


A Mercedes também entrou para a história ao tornar-se na primeira equipa a vencer 16 corridas num ano, ultrapassando as 15 alcançadas pela McLaren em 1988 (em 16 corridas!!) e duas vezes pela Ferrari de Schumacher.