Última hora

Última hora

Europe Weekly: Plano Juncker domina Cimeira Europeia

Bem vindos ao Europe Weekly, o espaço semana dedicado à atualidade europeia. Começamos com a última cimeira do ano, a primeira liderada pelo polaco

Em leitura:

Europe Weekly: Plano Juncker domina Cimeira Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Bem vindos ao Europe Weekly, o espaço semana dedicado à atualidade europeia. Começamos com a última cimeira do ano, a primeira liderada pelo polaco Donald Tusk. Poucas decisões são esperadas. Os 28 deram luz verde ao vasto plano de investimento da Comissão. Falta chegar a acordo sobre os detalhes, o que não vai ser tarefa fácil.

2000, é o número de projetos apresentados pelos países europeus que esperam aproveitar esse plano de investimento. Mas os projetos vão selecionados e o finaciamento depende do interesse que vão suscitar junto dos investidores privados. Olhemos, por exemplo para a lista de projetos belga.

Já liderou a Polónia durante sete anos e demitiu-se para ocupar o lugar de presidente do Conselho Europeu. Donald Tusk quer promover uma mudança de estilo nas instituições europeias com debates menos longos e que se concentrem nas grandes questões. Vamos perceber como viram os cidadãos polacos que vivem em Bruxelas esta mudança.

Os líderes europeus têm mostrado que estão empenhados na concretização do Tratado de livre Comércio com os Estados Unidos…mas a opinião pública continua muito cética. Prova disso foi a manifestação que ocorreu em Bruxelas junto às instituições europeias.

Olhemos agora para agenda das duas próximas semanas.
Na terça-feira realiza-se a segunda volta das eleições presidenciais no parlamento grego.
Se não houver vencedor, será necessária uma terceira volta marcada para dia 29 de dezembro.
E se aind assim não houver vencedor, são convocadas legislativas antecipadas, com a esquerda radical a liderar as sondagens.

No dia 1 de janeiro a Letónia assume a presidência rotativa da União Europeia. No mesmo dia, a Lituânia troca as litas pelos euros.
Boas festas a todos.