Última hora

Última hora

Crise: Venezuela limita acesso a supermercados

Longas filas para supermercados com poucos produtos ou mesmo nenhuns. A corrida aos supermercados instalou-se na Venezuela e o governo foi obrigado a

Em leitura:

Crise: Venezuela limita acesso a supermercados

Tamanho do texto Aa Aa

Longas filas para supermercados com poucos produtos ou mesmo nenhuns. A corrida aos supermercados instalou-se na Venezuela e o governo foi obrigado a implementar um sistema de acesso baseado no último dígito do número dos bilhetes de identidade.

A carência de produtos de primeira necessidade, como leite e papel higiénico, agravou-se. “Eles tinham fraldas e foi por isso que vim aqui, mas agora já não têm. A única coisa que resta é sabão. Se conseguir, compro algum. Às vezes não resta nada e tenho que me ir embora sem nada”, afirma uma mulher com uma criança ao colo.

Há quem esteja contra o novo sistema de acesso aos supermercados baseado na terminação dos numero dos bilhetes de identidade. “Naturalmente, não posso comprar quando é a minha vez. Tenho obrigações e não posso limitar as minhas obrigações para comprar comida”, diz um cozinheiro.

A descida do preço do petróleo está a sufocar a economia da Venezuela.

O presidente Nicolas Maduro tem estado a visitar alguns países produtores de petróleo para concertar estratégias contra uma realidade que arruína nações muito dependentes da exportação do ouro negro.