Última hora

Última hora

Ucrânia: Steinmeier anuncia progressos no encontro de Berlim

Uma linha de demarcação e um apelo ao fim imediato das hostilidades que poderá reabrir a via ao processo de paz no leste da Ucrânia. O chefe da

Em leitura:

Ucrânia: Steinmeier anuncia progressos no encontro de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Uma linha de demarcação e um apelo ao fim imediato das hostilidades que poderá reabrir a via ao processo de paz no leste da Ucrânia.

O chefe da diplomacia alemã, Frank-Walter Steinmeier, que acolheu os homólogos francês, russo e ucraniano em Berlim, disse que o encontro permitiu obter “progressos significativos”.

Steinmeier sublinhou, no entanto, que “depois da reunião do grupo de contacto, veremos se realmente resulta numa retirada das armas pesadas. Dependemos disso e a Rússia, em particular, concordou em usar a influência necessária junto dos separatistas no leste da Ucrânia”.

O encontro de Berlim terá permitido obter um acordo de princípio para a retirada de armamento pesado da frente de combate, segundo o estipulado no Acordo de Minsk assinado em dezembro, começando pela chamada linha de demarcação, que separa o território controlado pelo Exército das áreas nas mãos dos rebeldes pró-russos.

Moscovo e Kiev terão também concordado numa nova reunião do grupo internacional de contacto, o mais rápido possível, para negociar a distribuição de ajuda humanitária.

No comunicado final, os ministros dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia apelaram em conjunto ao fim das hostilidades, que se têm agravado nos últimos dez dias.