Última hora

Última hora

Abdullah II visita família do piloto queimado vivo

Onda de emoção na Jordânia. O Rei Abdullah II foi à cidade do piloto morto pelo Estado Islâmico, prestar homenagem.

Em leitura:

Abdullah II visita família do piloto queimado vivo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi debaixo de uma onda de emoção que o rei Abdullah II da Jordânia chegou a Karak, a cidade 120 quilómetros a sul de Amã de onde era originário o piloto de caça capturado e queimado vivo pelo grupo extremista Estado Islâmico. O Rei deu condolências à família e prestou homenagem a Muath al-Kaseasbeh, capturado em dezembro, quando participava numa operação na Síria, e morto em janeiro.

Ao mesmo tempo, os aviões da Força Aérea jordana faziam uma nova missão militar na Síria. Ontem, o Rei prometeu uma guerra implacável contra os radicais. A primeira medida, depois de regressar dos Estados Unidos, foi reunir-se com responsáveis militares para decidir a estratégia a seguir.

A morte do piloto só foi conhecida esta semana, quando foi divulgado um vídeo que mostra al-Kaseasbeh a ser queimado vivo dentro de uma jaula.