Última hora

Última hora

Grécia e Eurogrupo sem solução à vista. Atenas tem até sexta-feira para aceitar proposta de extensão.

Grécia e Europa de costas voltadas mas a esperança quanto a um acordo permanece viva.

Em leitura:

Grécia e Eurogrupo sem solução à vista. Atenas tem até sexta-feira para aceitar proposta de extensão.

Tamanho do texto Aa Aa

Grécia e Europa de costas voltadas mas a esperança ainda não morreu.

Point of view

"Não tenho dúvidas de que nas próximas 48 horas a Europa vai unir-se e vamos encontrar a fórmula que nos permitirá avançar" - Yanis Varoufakis, Ministro grego das Finanças

Esta terça-feira a bolsa de Atenas abria em queda a refletir a falta de acordo entre o executivo grego e o Eurogrupo.

As atenções voltam-se agora para o Banco Central Europeu que tem de decidir até esta quarta-feira se vai providenciar assistência à banca grega.

O ministro grego das finanças mantém-se otimista.

“Não tenho dúvidas de que nas próximas 48 horas a Europa vai unir-se e vamos encontrar a fórmula que nos permitirá avançar de forma a podermos fazer o trabalho realmente necessário e criar um novo contrato entre a Grécia e a Europa”, disse Yanis Varoufakis.

Para o ministro holandês das finanças e chefe do Eurogrupo, o caminho a seguir é claro.

“A solução passa pela Grécia requerer uma extensão do programa de ajustamento. A principal razão é que é necessário mais tempo para discutir como é que os programas devem funcionar e como olhamos para o futuro. É por isso que é necessário mais tempo”, afirma Jeroen Dijsselbloem.

A interrupção das negociações na segunda-feira à noite despoletou protestos na capital grega. Centenas de pessoas reuniram-se em frente ao parlamento em Atenas para demonstrarem apoio ao governo.

O novo executivo grego, encabeçado por Alex Tsipras, prometeu ao eleitorado o fim da austeridade que atribui ao atual programa de resgate.