Última hora

Última hora

Turquia: Opositor do Tajiquistão "envenenado" e baleado na cabeça

O líder da oposição do Tajiquistão, Umarali Kuvvatov, foi assassinado numa rua de Istambul com uma arma de fogo, depois de alegadamente ter sido

Em leitura:

Turquia: Opositor do Tajiquistão "envenenado" e baleado na cabeça

Tamanho do texto Aa Aa

O líder da oposição do Tajiquistão, Umarali Kuvvatov, foi assassinado numa rua de Istambul com uma arma de fogo, depois de alegadamente ter sido envenenado na quinta-feira à noite.

Kuvvatov de 47 anos foi alvejado uma única vez na cabeça por um atacante que terá pronunciado algumas palavras antes de carregar no gatilho.

O jornal turco ‘Sabah’ informou que, segundo familiares, Umarali Kuvvatov e família sentiram-se mal durante um jantar em que participou um individuo, também tajique, entretanto detido pela polícia.

Kuvvatov era procurado pelas autoridades do seu país por alegados crimes económicos e raptos, além de outros delitos.

Kuvvatov acusava o presidente do Tajiquistão, Imomali Rakhmon, de corrupção e nepotismo. Rakhmon é chefe de Estado desde 1992.