Última hora

Última hora

20 anos de prisão para antiga primeira-dama da Costa do Marfim

A antiga primeira-dama da Costa do Marfim foi condenada a 20 anos de prisão. A justiça deu como provado o envolvimento de Simone Gbagbo na

Em leitura:

20 anos de prisão para antiga primeira-dama da Costa do Marfim

Tamanho do texto Aa Aa

A antiga primeira-dama da Costa do Marfim foi condenada a 20 anos de prisão. A justiça deu como provado o envolvimento de Simone Gbagbo na insurreição pós-eleitoral de 2010-2011 que provocou mais de 3 mil mortos.

A pena de 20 anos de prisão – o dobro do que pedia o Ministério Público para a mulher do antigo chefe de Estado da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, é criticada pela defesa que já anunciou que vai recorrer da decisão.

Simone Gbagbo também conhecida como a “dama de ferro” foi julgada juntamente com mais 82 pessoas próximas do antigo presidente – no poder entre 2000 e 2011 – acusadas de atentar contra a segurança do Estado.

A antiga primeira-dama da Costa do Marfim é procurada pelo Tribunal Penal Internacional por crimes contra a Humanidade.