Última hora

Última hora

Myanmar: Justiça condena três homens por insulto ao budismo

Em Myanmar, a antiga Birmânia, a justiça condenou três individuos – um neo-zelandês e dois birmaneses – a dois anos e meio de prisão e trabalhos

Em leitura:

Myanmar: Justiça condena três homens por insulto ao budismo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Myanmar, a antiga Birmânia, a justiça condenou três individuos – um neo-zelandês e dois birmaneses – a dois anos e meio de prisão e trabalhos forçados pela utilização de uma imagem de Buda numa publicidade.

O juiz considerou que o gerente do bar teve a intenção de insultar a crença religiosa ao publicar no Facebook uma imagem de Buda com auscultadores na cabeça.

O advogado da defesa diz que é dificil saber se o veredito é justo, porque Myanmar não é um país democrático.

A publicação tinha provocado reações violentas e manifestações de protesto junto ao bar. Os três homens tinham pedido desculpa.

Um membro da União Patriótica dos Monges Budistas diz que “a sentença foi justa. Nem severa nem clemente, tiveram aquilo que mereciam. Enquanto budista não quero que eles sofram mais”.

Os arguidos podem ainda recorrer da sentença. Este caso é mais um sinal da crispação crescente em torno das questões religiosas no país.