Última hora

Última hora

Palestinianos "não esperam mais nada" das eleições israelitas

Nem a possibilidade da saída de cena de Benjamin Nethanyahu parece entusiasmar os palestinianos, no dia das eleições antecipadas em Israel. Em

Em leitura:

Palestinianos "não esperam mais nada" das eleições israelitas

Tamanho do texto Aa Aa

Nem a possibilidade da saída de cena de Benjamin Nethanyahu parece entusiasmar os palestinianos, no dia das eleições antecipadas em Israel.

Em Rhamallah, a população mostra-se indiferente face ao resultado do sufrágio e a uma possível inversão da posição israelita, quando as negociações de paz entre os dois campos se encontram suspensas há vários meses.

“São todos partidos sionistas em competição apenas para confiscar os territórios palestinianos, matar palestinianos e controlar todos os locais sagrados, incluindo Jerusalém”, afirma um habitante.

Em Gaza, marcada ainda pela última ofensiva israelita do ano passado, que provocou mais de 800 vítimas, um responsável do Hamas mostra-se igualmente cético.

“Qualquer candidato com boa vontade vai sempre perder. Fomos testemunhas da forma como todos os partidos prosseguiram a política de ocupação. Todos cometeram crimes contra os palestinianos e contra a humanidade”, afirma o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum.

Uma habitante da cidade tem, no entanto, esperança que uma mudança política em Israel possa permitir um avanço nas negociações de paz.

“Esta poderá ser a única mudança, mas não espero mais nada de um governo israelita ou da nação israelita”, afirma.

Nos bastidores, no entanto, alguns responsáveis palestinianos não escondem o receio de que a saída de cena de Nethanyahu possa dificultar os processos contra Israel, junto da justiça internacional, por crimes de guerra e violação dos direitos humanos em Gaza.