Última hora

Última hora

Varoufakis: Grécia "não joga" com a saída do Euro

A Grécia continua a marcar o passo nos encontros da Primavera do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, em Washington. O ministro grego

Em leitura:

Varoufakis: Grécia "não joga" com a saída do Euro

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia continua a marcar o passo nos encontros da Primavera do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, em Washington.

O ministro grego das Finanças disse que o seu país não está a “jogar” com uma eventual saída do Euro e pretende alcançar um acordo que “não seja imposto” pelos credores internacionais.

Na capital norte-americana, Yanis Varoufakis frisou que “o programa [atual] constitui uma receita, um tratamento, que nenhuma pessoa razoável pode considerar como bem sucedido. A insistência em continuar com esta lógica, filosofia e política está destinada, a médio prazo, a reforçar uma imagem que é preciso expurgar: a da Grécia como um poço sem fundo”.

Na abertura do encontro, em Washington, a diretora do FMI descartou um adiamento no próximo reembolso dos empréstimos, que Atenas deve efetuar no início de maio.

O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Monetários afirmou que “não há um plano B” e que “não está a ser preparada” uma saída da Grécia da Zona Euro.

Pierre Moscovici disse que “o governo grego deve, absolutamente, preparar e avançar agora com um programa de reformas consistente e ambicioso. Há progressos, mas é preciso ser rápido, porque as questões financeiras progridem a grande velocidade e as próximas semanas serão decisivas”.

O correspondente da euronews, Stefan Grobe, lembra que “o FMI não permitirá à Grécia adiar o pagamento de mil milhões de euros previsto para o próximo mês. Ao mesmo tempo, Atenas nega tê-lo pedido. Em todo o caso, o dia do julgamento parece estar cada vez mais perto”.