Última hora

Última hora

Riade retoma ataques no Iémen

Após uma trégua minúscula a coligação internacional liderada pela Arábia Saudita voltou a bombardear o Iémen. O fim das hostilidades tinha sido

Em leitura:

Riade retoma ataques no Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

Após uma trégua minúscula a coligação internacional liderada pela Arábia Saudita voltou a bombardear o Iémen.

O fim das hostilidades tinha sido anunciado por Riade horas antes, embora tivesse ficado claro que os ataques poderiam ser retomados em caso de necessidade, e foi o que aconteceu.

O embaixador saudita nos Estados Unidos, Adel al-Jubeir explica: “Os Houthis não devem iludir-se porque vamos continuar a usar a força, a fim de os impedir de tomar o Iémen pelo terror.”

Os ataques aéreos visaram sítios considerados hostis, perto da capital Sanaa, também Taiz, a terceira cidade do Iémen, onde uma base militar pró-governamental foi tomada pelos houthis, e Áden.

No centro de Sanaa, contra a Arábia Saudita, centenas de apoiantes Houthis manifestaram-se e gritaram palavras de apoio ao ex-presidente, Ali Abdullah Saleh, no exílio.

As hostilidades ilustram a dificuldade de uma solução política para a guerra interposta de potências rivais do Golfo – Arábia Saudita e Irão.

Washington mantém uma operação de observação ao largo da costa iemenita para evitar a entrada de armas vindas do Irão, após o embargo decretado aos houthis pelo Conselho de Segurança da ONU.