Última hora

Última hora

Cinema francês em destaque na abertura da 68ª edição do Festival de Cannes

Em leitura:

Cinema francês em destaque na abertura da 68ª edição do Festival de Cannes

Cinema francês em destaque na abertura da 68ª edição do Festival de Cannes
Tamanho do texto Aa Aa

Está aberta a 68ª edição do festival de cinema de Cannes.

O fascínio da Sétima arte e dos atores e atrizes que lhe dão vida vão preencher as próximas duas semanas desta habitualmente pacata cidade do sul de França.

À cerimónia de abertura não faltaram os habituais ingredientes que emprestam a este festival a aura de fascínio e encanto que o caracteriza.

Este ano, e pela primeira vez, a presidência do festival é bicéfala, cabendo aos norte-americanos, os irmãos Coen, Joel e Ethan.

O festival presta também uma homenagem especial a duas figuras de relevo do cinema europeu. Ingrid Bergman e a lenda viva do cinema francês, Catherine Deneuve.

Deneuve desempenha igualmente um papel de relevo na obra que inaugurou o festival, o filme La Tête Haute, de Emmanuelle Bercot, uma história que retrata o percurso de um adolescente pelo sistema judicial francês.

Portugal não tem nenhum filme na seleção oficial mas a mais recente obra de Miguel Gomes, As Mil e uma Noites, está presente no programa paralelo, Quinzena dos Realizadores.