Última hora

Última hora

Recomeçam os bombardeamentos Iémen

Depois da trégua humanitária, a coligação liderada pela Arábia Saudita retomou os bombardeamentos contra posições hutis em Aden, no sul do Iémen.

Em leitura:

Recomeçam os bombardeamentos Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da trégua humanitária, a coligação liderada pela Arábia Saudita retomou os bombardeamentos contra posições hutis em Aden, no sul do Iémen.

O cessar fogo, de 5 dias, terminou esta segunda feira e permitiu que a ajuda humanitária entrasse no país.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, apelou às Nações Unidas para que assumam um papel mais ativo no Iémen: “Os alvos têm sido maioritariamente zonas civis e é lamentável que isso continue a acontecer. É igualmente lamentável que a ajuda humanitária não consiga chegar ao povo do Iémen que precisa urgentemente de assistência.”

Apesar dos ataques aéreos terem sido interrompidos, mantiveram-se os relatos de intensos combates no sul do país.

O conflito entre a Arábia Saudita e os aliados sunitas contra os hutis e contra as forças leais ao ex-presidente do Iémen, Ali Abdullah Saleh, estende-se há mais de seis semanas. Apesar dos esforços sauditas os houtis têm vindo a ganhar terreno.