Última hora

Última hora

Mais de 3300 clandestinos resgatados no Mediterrâneo

A guarda-costeira italiana anunciou ter coordenado esta sexta-feira o resgate de mais de 3300 imigrantes clandestinos, em vários pontos do

Em leitura:

Mais de 3300 clandestinos resgatados no Mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

A guarda-costeira italiana anunciou ter coordenado esta sexta-feira o resgate de mais de 3300 imigrantes clandestinos, em vários pontos do Mediterrâneo.

Os pedidos de socorro chegaram de perto de duas dezenas de embarcações, ao largo da Líbia e a sul das costas italianas. Pelo menos 17 corpos sem vida foram recuperados de três barcos pneumáticos que transportavam mais de 300 pessoas, segundo a Marinha italiana.

Os resgates desta sexta-feira mobilizaram quatro navios de guerra italianos e várias embarcações da guarda-costeira e da polícia fronteiriça, bem como navios irlandeses e alemães que participam na operação europeia “Tritão”.

Desde o início do ano, chegaram a Itália mais de 40.000 imigrantes clandestinos, mas cerca de 1770 homens, mulheres e crianças morreram ou desapareceram durante a travessia do Mediterrâneo, segundo o último balanço da Organização Internacional para as Migrações.