Última hora

Última hora

Turquia: Mudança de regime em jogo nas eleições parlamentares

O futuro da Turquia começa hoje. As eleições parlamentares podem mudar a face do país. Se o partido do presidente, o AKP, conquistar dois terços dos

Em leitura:

Turquia: Mudança de regime em jogo nas eleições parlamentares

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro da Turquia começa hoje. As eleições parlamentares podem mudar a face do país. Se o partido do presidente, o AKP, conquistar dois terços dos 550 assentos pode mudar a constituição e transformar o regime. Recep Tayyip Erdogan sonha com um regime presidencialista talhado à sua medida. Mas o chefe de Estado tem visto a contestação crescer nos últimos anos e pode acabar o dia com uma vitória amarga.

O principal partido da oposição, o CHP, está condenado a ter um papel menor. Só um milagre poderia levar ao governo o partido herdeiro dos valores do fundador da república laica, Mustafa Kemal Ataturk.

A chave destas eleições reside no resultado do HDP. Se este pequeno partido com implantação nas zonas de maioria curda ultrapassar a barra dos 10 por cento elege os deputados necessários para privar o presidente da maioria desejada.

Para agravar a tensão dos últimos dias, na sexta-feira uma explosão num comício do HDP matou duas pessoas e feriu mais de duzentas. O líder do partido criticou duramente o presidente da república por não ter suspendido a ação de campanha em que participou, apesar de a constituição atual o proibir expressamente. Erdogan respondeu apontando o dedo aos rebeldes curdos.