Última hora

Última hora

Putin: "só um louco pode imaginar que a Rússia atacaria a NATO"

Vladimir Putin diz que o Kremlin “não tem a culpa” da deterioração das relações com a União Europeia e não tem qualquer intenção de medir forças com

Em leitura:

Putin: "só um louco pode imaginar que a Rússia atacaria a NATO"

Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin diz que o Kremlin “não tem a culpa” da deterioração das relações com a União Europeia e não tem qualquer intenção de medir forças com os Estados Unidos e muito menos com a NATO, a respeito da crise na Ucrânia.

As declarações do presidente russo foram feitas numa entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera:

“Só uma pessoa louca e só num sonho é que é possível imaginar que a Rússia, de repente, possa atacar a NATO. Alguns países estão simplesmente a especular com os medos das pessoas acerca da Rússia.”

“Tudo o que fazemos é em resposta às ameaças com as quais nos vemos confrontados. E fazemo-lo de uma forma bastante limitada, apenas suficiente para garantir a segurança da Rússia.”

Pelo segundo ano consecutivo – desde que a Rússia anexou a Crimeia -, Putin estará ausente do que deveria ser uma cimeira do G8: o encontro do G7 desde domingo na Alemanha.