Última hora

Última hora

Representante permanente dos EUA na ONU visita Kiev

A Representante Permanente dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas visitou a capital ucraniana. Em Kiev, Samantha Power, foi a oradora

Em leitura:

Representante permanente dos EUA na ONU visita Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

A Representante Permanente dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas visitou a capital ucraniana. Em Kiev, Samantha Power, foi a oradora principal numa palestra dedicada às reformas internas e à luta anticorrupção no país. Durante a sua intervenção Power instou o povo ucraniano a monitorizar a implementação das reformas e a contribuir para que elas não fiquem apenas no papel. Um discurso virado para a Ucrânia mas que não deixou de lado a Rússia:

“Ninguém quer prejudicar a economia russa. Mas o isolamento diplomático e económico são as consequências que a Rússia deve enfrentar devido à sua agressão e se houver novas agressões.”

Na plateia estava o líder do Movimento Nacional dos Tártaros da Crimeia, refugiado em Kiev à cerca de um ano, que questiona o papel, efetivo, de Washington na questão ucraniana:

“A integridade territorial da Ucrânia foi quebrada há mais de um ano. A Rússia continua a violar o direito internacional, todos os dias. E eu pergunto, honestamente: “Qual é o papel dos Estados Unidos enquanto garante do Memorando de Budapeste?” Uma pergunta para a qual Refat Chubarov considera não haver resposta.

Ainda assim os Estados Unidos querem ver implementado o último acordo de Minsk, foi isso que frisou Samatha Power, e as Nações Unidas estão a trabalhar para isso:

“A representação da ONU para apoiar os acordos de Minsk abre, em breve, em Kiev. Este foi, aliás, um dos objetivos da visita de Samantha Power. Com a sua criação as Nações Unidas passarão a receber informações de fontes primárias que vão permitir uma melhor monitorização da situação no leste da Ucrânia”, adianta a correspondente da euronews em Kiev, Maria Korenyuk.