Última hora

Última hora

O duplo NÃO dos comunistas e anarquistas gregos

Um NÃO à União Europeia mas também ao referendo proposto por Alexis Tsipras. A posição dos comunistas gregos foi apoiada por milhares de pessoas

Em leitura:

O duplo NÃO dos comunistas e anarquistas gregos

Tamanho do texto Aa Aa

Um NÃO à União Europeia mas também ao referendo proposto por Alexis Tsipras.

A posição dos comunistas gregos foi apoiada por milhares de pessoas, durante um protesto convocado pelo partido, na praça Sintagma, em Atenas.

A formação apela a um boicote da consulta popular de domingo, quando realiza, no mesmo dia, um voto alternativo sobre a saída do país da União Europeia.

As palavras de ordem contra Bruxelas dominaram igualmente outro protesto de grupos anarquistas, como afirma o correspondente da euronews:

“Um grupo de manifestantes queimou uma bandeira da União Europeia, no centro de Atenas. Horas antes um manifestante conseguiu escalar o edifício da representação da Comissão Europeia para içar uma bandeirola com palavras de ordem contra a União Europeia”.

O protesto foi marcado por confrontos entre os manifestantes e a polícia que recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar a multidão.

Na reta final da campanha para o referendo de domingo, Atenas deverá ser palco de dois protestos paralelos, na sexta-feira, de partidários do SIM e do NÃO às propostas dos credores.