Última hora

Última hora

Merkel admite perdão à Grécia, Hollande quer reestruturação da Zona Euro

Angela Merkel admitiu, em entrevista à televisão pública alemã, um possível alívio da dívida grega, uma nova redução nos juros e um prazo maior para

Em leitura:

Merkel admite perdão à Grécia, Hollande quer reestruturação da Zona Euro

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel admitiu, em entrevista à televisão pública alemã, um possível alívio da dívida grega, uma nova redução nos juros e um prazo maior para o pagamento da dívida do país. Uma situação que não é novidade, como frisou a chanceler alemã:

“Em primeiro lugar, já foi garantido um alívio à Grécia. Foi permitido aos credores privados uma redução voluntária da dívida. Depois dilatámos os prazos e reduzimos os juros. Podemos considerar essas medidas novamente, como parte do novo acordo, como se fez na altura. Depois de um hipotético programa ter sido revisto, com sucesso, vamos discutir essa questão.”

Num artigo publicado no “Le Journal du Dimanche” o Presidente francês defende que se recupere uma ideia defendida pelo antigo presidente da Comissão Europeia, Jacques Delors, ou seja, a criação de um governo da Zona Euro, com um orçamento e um parlamento específicos, “para garantir o controlo democrático”.

François Hollande, em refererência ao caso grego, afirmou que foi possível chegar a um acordo, e “reafirmar a coesão com a Grécia”, mas lamentou que a Europa tenha “deixado as suas instituições debilitarem-se” e afirmou que a situação tem de mudar.