Última hora

Última hora

Ucrânia: grupo da direita radical quer referendo contra o governo

Centenas de nacionalistas ucranianos manifestaram-se em Kiev contra o governo e o presidente Petro Poroshenko. O protesto foi organizado pelo grupo

Em leitura:

Ucrânia: grupo da direita radical quer referendo contra o governo

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de nacionalistas ucranianos manifestaram-se em Kiev contra o governo e o presidente Petro Poroshenko.

O protesto foi organizado pelo grupo da direita radical Pravy Sektor. O grupo teve um papel proeminente nos protestos que levaram à queda do ex-chefe de Estado pró-russo Viktor Ianukovitch e lutou ao lado das forças de Kiev no leste da Ucrânia.

O líder do Pravy Sektor, Dimitro Yarosh, considera que “o sistema da era Ianukovitch foi transformado, mas os principais problemas da sociedade, como a corrupção e a impunidade da procuradoria e da polícia, continuam. É essa a razão do protesto. O novo Estado ucraniano deveria ser construído sobre bases diferentes”.

De aliado a embaraço, o grupo tem-se envolvido num número crescente de confrontos com autoridades locais na Ucrânia – que, num caso recente, resultou na morte de dois militantes – e é acusado pela Amnistia Internacional de torturar prisioneiros.

O correspondente da euronews, Sergio Cantone, diz que o grupo “quer organizar um referendo contra o governo de Poroshenko, numa tentativa de ser visto como politicamente ativo e pronto a desafiar um executivo que desiludiu as suas expectativas, depois de muitos meses de combates no Leste da Ucrânia”.