EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ucrânia: grupo da direita radical quer referendo contra o governo

Ucrânia: grupo da direita radical quer referendo contra o governo
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Centenas de nacionalistas ucranianos manifestaram-se em Kiev contra o governo e o presidente Petro Poroshenko. O protesto foi organizado pelo grupo

PUBLICIDADE

Centenas de nacionalistas ucranianos manifestaram-se em Kiev contra o governo e o presidente Petro Poroshenko.

O protesto foi organizado pelo grupo da direita radical Pravy Sektor. O grupo teve um papel proeminente nos protestos que levaram à queda do ex-chefe de Estado pró-russo Viktor Ianukovitch e lutou ao lado das forças de Kiev no leste da Ucrânia.

O líder do Pravy Sektor, Dimitro Yarosh, considera que “o sistema da era Ianukovitch foi transformado, mas os principais problemas da sociedade, como a corrupção e a impunidade da procuradoria e da polícia, continuam. É essa a razão do protesto. O novo Estado ucraniano deveria ser construído sobre bases diferentes”.

De aliado a embaraço, o grupo tem-se envolvido num número crescente de confrontos com autoridades locais na Ucrânia – que, num caso recente, resultou na morte de dois militantes – e é acusado pela Amnistia Internacional de torturar prisioneiros.

O correspondente da euronews, Sergio Cantone, diz que o grupo “quer organizar um referendo contra o governo de Poroshenko, numa tentativa de ser visto como politicamente ativo e pronto a desafiar um executivo que desiludiu as suas expectativas, depois de muitos meses de combates no Leste da Ucrânia”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos seis feridos em ataque aéreo russo a zona residencial de Kostiantynivka

Pelo menos seis feridos após ataque aéreo russo em zona residencial de Kharkiv

G7 vai explorar formas de utilizar os ativos russos congelados para ajudar Kiev