Última hora

Última hora

A Bolsa de Atenas em queda livre e a venda dos mapas da Nokia à BMW, Audi e Daimler

A Bolsa de Atenas entrou em queda livre quando reabriu, esta segunda-feira, depois de cinco semanas encerrada. Na rubrica 'This is IT' olhamos os motivos que levaram BMW, Audi e Daimler a comprar o ne

Em leitura:

A Bolsa de Atenas em queda livre e a venda dos mapas da Nokia à BMW, Audi e Daimler

Tamanho do texto Aa Aa

A Bolsa de Atenas entrou em queda livre quando finalmente reabriu, esta segunda-feira, depois de cinco semanas encerrada.

Os investidores tiveram a primeira oportunidade, desde finais de junho, para reagir aos desenvolvimentos na crise que a Grécia atravessa.

Sem surpresa, os bancos foram os mais penalizados, atingindo o limite de 30% de desvalorização numa sessão.

A Bolsa de Atenas e os bancos helénicos encerraram no dia 29 de junho. Desde esse dia, a Grécia afastou-se do cenário de uma saída do euro e está mais perto de um terceiro resgate.

Nesta edição, abrimos a janela para a nossa redação em Atenas e tentamos entender se o vermelho bem vivo no primeiro dia de negociação na Bolsa foi uma surpresa.

Na rubrica dedicada às novas tecnologias – ‘This is IT’ – olhamos os motivos que levaram BMW, Audi e Daimler a comprar o negócio de geolocalização da Nokia.