Última hora

Última hora

Natalie Portman estreia-se na realização com adaptação de romance de Amos Oz

Em leitura:

Natalie Portman estreia-se na realização com adaptação de romance de Amos Oz

Tamanho do texto Aa Aa

Natalie Portman estreia-se na realização com a adaptação de um romance de Amos Oz. A obra retrata a infância do escritor israelita em Jerusalém e os

Natalie Portman estreia-se na realização com a adaptação de um romance de Amos Oz. A obra retrata a infância do escritor israelita em Jerusalém e os primeiros anos da criação do Estado de Israel.

“O filme fala de uma utopia, uma terra de órfãos saídos do Holocausto. Por isso, essas pessoas não foram porventura capazes de ver algumas das coisas que se passavam à volta delas. Acredito neste país e neste povo que pode ainda superar-se. Penso que o fim do filme fala nisso porque há um fosso entre o sonho e a realidade”, disse a atriz e realizadora.

Portman nasceu em Jerusalém. Os pais imigraram para os Estados Unidos quando a atriz tinha 3 anos. O filme foi rodado em hebreu.

“Era muito importante para mim que o filme fosse falado em hebreu. Senti sempre um embaraço em relação à língua porque trata-se da língua da minha infância das emoções, é algo que nos faz falta. Vivi tantos anos sem falar essa língua por isso é muito entusiasmante poder melhorar os meus conhecimentos linguísticos na idade adulta”, refere a atriz norte-americana.

Depois da estreia no Festival de Cannes e em Israel, o filme deverá ser apresentado no Festival de Cinema de Toronto.