Última hora

Última hora

Detenção de dois líderes da ETA será uma "certidão de óbito" para os separatistas

Dois dos três chefes máximos da ETA foram detidos pelas autoridades francesas, em colaboração com a Guardia Civil espanhola. Juntamente com Josu

Em leitura:

Detenção de dois líderes da ETA será uma "certidão de óbito" para os separatistas

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dos três chefes máximos da ETA foram detidos pelas autoridades francesas, em colaboração com a Guardia Civil espanhola. Juntamente com Josu Ternera, que não foi encontrado, David Pla e Iratxe Sorzábal lideram a organização separatista basca e foram capturados no sudoeste de França.

O ministro espanhol do Interior, Jorge Fernández Díaz, veio declarar que agora “a ETA só tem uma coisa a fazer que é aceitar que a cúpula foi decapitada e que o grupo foi desmantelado. Estás nas mãos deles reconhecer o fim. Atrevo-me mesmo a dizer que esta é a certidão de óbito da ETA.”

A operação decorreu em Saint-Étienne-de-Baïgorry, a poucos quilómetros da fronteira espanhola. Ao todo, quatro pessoas foram detidas, uma delas o proprietário da casa onde se encontravam. Segundo a polícia espanhola, resta agora cerca de meia dúzia de etarras na clandestinidade em território francês.