Última hora

Última hora

Comissário gere destinos de Roma até às autárquicas de 2016

O Governo italiano resolveu a confusão política em Roma nomeando Francesco Paolo Tronca, representante do governo em Milão, comissário extraordinário

Em leitura:

Comissário gere destinos de Roma até às autárquicas de 2016

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo italiano resolveu a confusão política em Roma nomeando Francesco Paolo Tronca, representante do governo em Milão, comissário extraordinário da capital italiana.

Tronca substitui Ignazio Marino, até às eleições autárquicas do próximo ano. O executivo aposta no “Modelo Milão” e no homem que fez da Exposição Universal um sucesso:

“Não vou falar do “Modelo Milão” que deve ser aplicado em qualquer lugar. Precisamos de ter a capacidade de retirar o que de melhor esta experiência nos trouxe e adaptá-la a contextos, realidades diferentes”, adiantou Tronca aos jornalistas.

Ignazio Marino, antigo cirurgião, demitiu-se depois de ser acusado de corrupção e má gestão camarária. Menos de um mês depois voltou atrás na sua decisão.

Em resposta, a maioria dos representantes da Assembleia Municipal apresentou demissão, obrigando-o a sair.

Marino está agora sob investigação judicial.