Última hora

Última hora

Lesbos: Termina greve de ferries que retinha milhares de refugiados

Desde segunda-feira deixou dezenas de milhares de pessoas bloqueadas, incluindo migrantes, mas esta sexta-feira terminou a greve dos funcionários dos

Em leitura:

Lesbos: Termina greve de ferries que retinha milhares de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Desde segunda-feira deixou dezenas de milhares de pessoas bloqueadas, incluindo migrantes, mas esta sexta-feira terminou a greve dos funcionários dos ferries gregos e na ilha de Lesbos o fluxo de refugiados foi finalmente aliviado. Cerca de 25 mil pessoas estavam retidas.

Quatro embarcações deixaram a ilha em direção ao porto de Pireus, perto de Atenas, e às cidades de Salónica e Kavala.

Lesbos vive momentos excecionais, até mesmo o cemitério local começa a estar cheio, especialmente por causa das tragédias que acontecem no mar Egeu.

Há quem exija das autoridades enterros dignos.

“Eles afogaram-se porque acreditavam que iam ter um futuro melhor. E pelo contrário, tiveram o quê: Um buraco na terra. E quando vemos todo este desespero é quase impossível retirar qualquer sentido disso. Este é um local para pensarmos em que género de mundo queremos viver”, explicou Lena Altinoglu, ativista grega.