Última hora

Última hora

"Lisboa Empreende": Quando a originalidade compensa

O programa Lisboa Empreende ajuda os microempreendedores a obter financiamento, a encontrar instalações e a receber aconselhamento especializado.

Em leitura:

"Lisboa Empreende": Quando a originalidade compensa

Tamanho do texto Aa Aa

O Lisboa Empreende é o programa que a Câmara Municipal de Lisboa lançou para apoiar o microempreendedorismo. E os resultados têm sido bastante positivos, como nos explica Maribel Rodrigues Ferreira, da CML: “Em dois anos e meio, conseguimos instalar mais de 70 novas empresas em Lisboa e, com isso, já foram criados mais de 160 novos empregos.”

Point of view

Em dois anos e meio, conseguimos instalar mais de 70 novas empresas em Lisboa.

Todos os anos, mais de 1 milhão e meio de turistas visita o Castelo de São Jorge. Foi aqui que encontrámos Tiago Ribeiro, um dos criadores do primeiro projeto a beneficiar do programa Lisboa Empreende. É preciso salientar que o conceito era particularmente original. “A nossa ideia foi criar uma marca com um packaging super original e que no seu interior tivesse a mais alta qualidade de produtos de peixe em Portugal. E foi isso que encontrámos no norte do país, pois lá produzem segundo o mesmo método que o nosso avô [Luís Soares Ribeiro] utilizava em 1911.”

Prémios Europeus de Promoção Empresarial (EEPA)

  • Estes prémios distinguem projetos ou organismos europeus que se destaquem na promoção do empreendedorismo na Europa, assim como no desenvolvimento do setor das PME a nível local, regional e nacional.
  • Desde 2006, já participaram nesta iniciativa mais de 2800 projetos, que deram origem à criação de inúmeras empresas e de milhares de empregos. O Lisboa Empreende é um dos projetos finalistas na edição de 2015. O seu princípio base é ajudar potenciais empreendedores a aceder a financiamento e a encontrar um espaço profissional adequado em Lisboa.
  • Nos últimos três anos, o Lisboa Empreende impulsionou a criação de cerca de 70 empresas que, por sua vez, geraram mais de 160 postos de trabalho.

Ligações úteis

O programa permitiu que Tiago, Marta e Bárbara acedessem a um microcrédito de 20 mil euros, a taxas muito reduzidas. Compraram os primeiros lotes de conservas e um tuk-tuk para os distribuir. O acompanhamento personalizado a que tiveram direito foi também uma grande ajuda. “Nós nunca nos sentimos sozinhos, não só na criação do ‘business plan’. Sabíamos que sempre que tivéssemos alguma dúvida, podíamos ligar e tínhamos alguém do outro lado para nos atender o telefone. E isso fez-nos sentir mais fortes”, salienta Tiago.

A Miss Can recebeu, este ano, o Prémio Nacional Indústrias Criativas (PNIC). Os produtos estão disponíveis na internet e há vários pontos de venda na Europa. Em breve, Tiago e a sua equipa vão abrir um bar de tapas em Lisboa. Planeiam recrutar cinco novos colaboradores.

O programa da CML ajuda também os microempreendedores, como o Tiago, a encontrar um espaço onde possam desenvolver a sua atividade. Dispõe de três incubadoras em Lisboa, espaços de co-working e dá a possibilidade aos empreendedores de desenvolverem os seus protótipos no Fablab. Outro aspeto fundamental do programa é que é gratuito e acessível a qualquer pessoa de qualquer parte do mundo: a única condição é que tem de se instalar em Lisboa.

O Lisboa Empreende é um dos finalistas da edição 2015 dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial (EEPA). É uma iniciativa da Comissão Europeia que distingue o desenvolvimento do empreendedorismo na Europa. Desde 2006, já participaram mais de 2800 projetos, que deram origem à criação de inúmeras empresas e de milhares de empregos.