Última hora

Última hora

Rússia declara guerra económica à Turquia

A Rússia prepara uma série de medidas de retaliação económica contra a Turquia pelo alegado “ato de agressão” sobre o avião militar russo derrubado

Em leitura:

Rússia declara guerra económica à Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia prepara uma série de medidas de retaliação económica contra a Turquia pelo alegado “ato de agressão” sobre o avião militar russo derrubado na Síria por caça turcos.

As medidas retaliatórias podem incluir a suspensão de projetos económicos conjuntos, restrições às transações financeiras e comerciais e alterações aos direitos aduaneiros. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev.

“O Governo foi instruído para definir um sistema de medidas de resposta a este ato de agressão nas esferas económica e humanitária”.

Os setores do turismo e transportes também serão visados, assim como mercado de trabalho e “contactos humanitários”.

Estas medidas podem também pôr em perigo a construção em curso da primeira fábrica nuclear turca em Akkuyu (sul) e enterrar o projeto de gasoduto TurkStream, que Moscovo queria fazer para levar o gás russo ao sul da Europa.

Junto à fonteira com a Geórgia os camiões amontoam-se, um motorista reclama: “É por causa do avião derrubado, há camiões do Cazaquistão, Geórgia, Turquia e Quirguistão. Tudo o que é carga turca é parado”.

Guerra de nervos e de palavras entre Ancara e Moscovo que impõe já um embargo sobre a maior parte dos produtos alimentares dos países ocidentais que adotaram sanções contra o país em função do conflito na Ucrânia.

As importações turcas para a Rússia ultrapassaram três mil milhões de dólares nos três primeiros trimestres deste ano. Esta quinta-feira dezenas de russos puseram flores, velas e cartas num monumento em Moscovo dedicado à memória dos oficiais russos mortos na Síria no combate ao terrorismo.