Última hora

Última hora

Líbia vive um dos piores atentados da era pós Khadafi

Um dos piores ataques desde a queda de Muammar Khadafi, na Líbia deixou pelo menos 60 mortos nesta quinta-feira e mais de uma centena de feridos. Um

Em leitura:

Líbia vive um dos piores atentados da era pós Khadafi

Tamanho do texto Aa Aa

Um dos piores ataques desde a queda de Muammar Khadafi,
na Líbia deixou pelo menos 60 mortos nesta quinta-feira e mais de uma centena de feridos.

Um veículo carregado de explosivos foi lançado contra um centro de formação da polícia, na cidade de Zliten, no oeste do país.

O ataque não foi reivindicado até o momento, mas suspeita-se da organização Estado Islâmico.

A Líbia está mergulhada no caos, com dois governos rivais que disputam o poder: um com sede no leste, reconhecido pela comunidade internacional, e o outro na capital, Trípoli, vinculado à coligação de milícias Fajr Libya.

O atentado aconteceu no bairro de Sug al-Talata, no centro da cidade, muito movimentado na altura da explosão.

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) aproveita o caos no país para se expandir e já reivindicou vários ataques violentos, nomeadamente os que esta semana atingiram sete tanques de petróleo nos portos de Ras Lanuf e Es Sider. Cinco tanques de armazenamento ficaram em chamas.

Os bombeiros de Sirte combatem o incêndio para evitar a propagação do fogo a outros poços de petróleo.