This content is not available in your region

EUA próximos do pleno emprego

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira  com REUTERS, NEW YORK TIMES
EUA próximos do pleno emprego

<p>A economia norte-americana <a href="http://www.reuters.com/article/us-usa-economy-idUSKBN0UM0FG20160108">criou 292.000 postos de trabalho</a> em dezembro, segundo os dados agora publicados.</p> <p>A taxa de desemprego manteve-se estável nos 5%. É uma taxa que tem vindo a baixar progressivamente desde o recorde de 10% atingido em outubro de 2009 e que está agora só ligeiramente acima do nível que os economistas consideram de pleno emprego.</p> <p>Os serviços financeiros, comércio, viagens e transportes foram os setores em que o emprego mais cresceu.</p> <p>Esta boa situação do mercado de trabalho contribuiu para a decisão da Reserva Federal de levantar a taxa de juro de referência do nível próximo de zero, que se mantinha inalterado desde 2008.</p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/Jobsreport?src=hash">#Jobsreport</a> Capping 2015 on rosy note! <a href="https://twitter.com/hashtag/Economy?src=hash">#Economy</a> +292k <a href="https://twitter.com/hashtag/jobs?src=hash">#jobs</a> Dec. 2015 tot: 2.7mil; avg 221k/mo. <a href="https://twitter.com/hashtag/Unemploymentrate?src=hash">#Unemploymentrate</a> 5% <a href="https://t.co/pYzvy32OkR">pic.twitter.com/pYzvy32OkR</a></p>— Gregory Daco (@GregDaco) <a href="https://twitter.com/GregDaco/status/685476351084748800">January 8, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>