Última hora

Última hora

Holanda: Confrontos em protesto contra acolhimento de refugiados

Uma manifestação contra o acolhimento de refugiados na pequena povoação de Heesch, na Holanda, degenerou em confrontos com as forças da ordem.

Em leitura:

Holanda: Confrontos em protesto contra acolhimento de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Uma manifestação contra o acolhimento de refugiados na pequena povoação de Heesch, na Holanda, degenerou em confrontos com as forças da ordem.

O protesto teve como objetivo contestar o plano das autoridades de para um campo de acolhimento com capacidade para quinhentos refugiados nos próximos 10 anos.

“Quando não conseguem livrar-se das asneiras, despejam aqui na aldeia. Mas nós também não os queremos, por isso podem ficar com eles lá em Haia. Ou porque não em Bloemendaal? Mas não na nossa aldeia de agricultores, não no meu quintal! Se eles violarem a minha filha, não teremos 500 polícias a proteger minha filha”, diz um homem.

“Acho que 500 são muitos. Vou ter muito medo de sair à rua. Não me vou atrever”, explica uma jovem.

Três pessoas foram detidas. Vários responsáveis do poder local tiveram que ser retirados do edifício onde estavam reunidos, pois a multidão atingiu as instalações com vários objetos.