Última hora

Última hora

Lleyton Hewitt pendura a raquete aos 34 anos

Aos 34 anos, Lleyton Hewitt despediu-se dos courts do ténis profissional com uma derrota em casa, na segunda ronda do Open da Austrália, face ao espanhol David Ferrer.

Em leitura:

Lleyton Hewitt pendura a raquete aos 34 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Aos 34 anos, Lleyton Hewitt despediu-se dos courts do ténis profissional com uma derrota em casa, na segunda ronda do Open da Austrália, face ao espanhol David Ferrer.

Para trás, ficam 18 anos de uma carreira em que foi o mais jovem número 1 do mundo, atingindo o topo do ‘ranking’ ATP aos 20 anos, em 2001, depois de conquistar o Open dos Estados Unidos. No ano seguinte, venceu Wimbledon, o seu segundo título do Grand Slam, e também alcançou o segundo título no Masters.

Os ‘passing shots’ e as respostas ao serviço foram as suas grandes armas e valeram-lhe também dois triunfos na Taça Davis, em 1999 e 2003.

Hewitt esteve 80 semanas à frente da tabela ATP e terminou a carreira de tenista sem conseguir vencer o Open da Austrália. O futuro passa agora por ser o capitão da seleção australiana na Taça Davis.