OPAS prevê 4 milhões de novos casos de Zika nas regiões americanas até ao final de 2016

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com APTN, Reuters, AFP
OPAS prevê 4 milhões de novos casos de Zika nas regiões americanas até ao final de 2016

<p>O vírus Zika está a provocar uma situação alarmante no continente sul americano mas o norte mostra-se também preocupado. O facto de o vírus poder ter sido transmitido por via sexual no Texas preocupa a Organização Mundial de Saúde. As autoridades da Florida, nos Estados Unidos, preparam-se para uma eventual propagação da epidemia enquanto no Uruguai, num encontro dos ministros do Mercosul, se fala em números alarmantes: </p> <p>“A situação epidemiológica, apresentada pelos ministérios da saúde da região, ratifica a preocupação, a que se juntam as estimativas realizadas pela Organização Pan-americana de Saúde (<span class="caps">OPAS</span>) de que até ao fim de 2016, surgirão nas regiões americanas cerca de 4 milhões de casos adicionais de infeção pelo vírus Zika”, adiantou, em conferência de imprensa, Jorge Basso, o ministro da saúde do Uruguai. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="es" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/LaFoto?src=hash">#LaFoto</a> | Foto oficial de los ministros de salud del <a href="https://twitter.com/hashtag/Mercosur?src=hash">#Mercosur</a> reunidos en Montevideo, Uruguay <a href="https://t.co/MAEhbegFu1">pic.twitter.com/MAEhbegFu1</a></p>— <span class="caps">VTV</span> <span class="caps">CANAL</span> 8 (@VTVcanal8) <a href="https://twitter.com/VTVcanal8/status/694959827571892224">3 fevereiro 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Enquanto as autoridades mundiais para a saúde se mostram cautelosas em associar os casos de microcefalia em recém-nascidos ao Zika, o Brasil garante que, pela experiência no país, onde nasceram já mais de 4000 crianças com a doença, existe uma ligação entre as duas coisas. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Faremos tudo, absolutamente tudo, para apoiar as crianças atingidas pela microcefalia e suas famílias. <a href="https://twitter.com/hashtag/ZikaZero?src=hash">#ZikaZero</a></p>— Dilma Rousseff (@dilmabr) <a href="https://twitter.com/dilmabr/status/695010289570422784">3 fevereiro 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Na Índia, uma empresa da área da biotecnologia, diz ter já patenteado duas possíveis vacinas contra o Zika. Vão ser agora desenvolvidos testes clínicos em animais.</p>