Última hora

Última hora

OPAS prevê 4 milhões de novos casos de Zika nas regiões americanas até ao final de 2016

O vírus Zika está a provocar uma situação alarmante no continente sul americano mas o norte mostra-se também preocupado. O facto de o vírus poder ter

Em leitura:

OPAS prevê 4 milhões de novos casos de Zika nas regiões americanas até ao final de 2016

Tamanho do texto Aa Aa

O vírus Zika está a provocar uma situação alarmante no continente sul americano mas o norte mostra-se também preocupado. O facto de o vírus poder ter sido transmitido por via sexual no Texas preocupa a Organização Mundial de Saúde. As autoridades da Florida, nos Estados Unidos, preparam-se para uma eventual propagação da epidemia enquanto no Uruguai, num encontro dos ministros do Mercosul, se fala em números alarmantes:

“A situação epidemiológica, apresentada pelos ministérios da saúde da região, ratifica a preocupação, a que se juntam as estimativas realizadas pela Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) de que até ao fim de 2016, surgirão nas regiões americanas cerca de 4 milhões de casos adicionais de infeção pelo vírus Zika”, adiantou, em conferência de imprensa, Jorge Basso, o ministro da saúde do Uruguai.

Enquanto as autoridades mundiais para a saúde se mostram cautelosas em associar os casos de microcefalia em recém-nascidos ao Zika, o Brasil garante que, pela experiência no país, onde nasceram já mais de 4000 crianças com a doença, existe uma ligação entre as duas coisas.

Na Índia, uma empresa da área da biotecnologia, diz ter já patenteado duas possíveis vacinas contra o Zika. Vão ser agora desenvolvidos testes clínicos em animais.