Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: vitórias do Benfica e do PSG

Pela terceira época consecutiva, o Paris Saint-Germain enfrentou esta terça-feira o Chelsea nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Desta vez, sem

Em leitura:

Liga dos Campeões: vitórias do Benfica e do PSG

Tamanho do texto Aa Aa

Pela terceira época consecutiva, o Paris Saint-Germain enfrentou esta terça-feira o Chelsea nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Desta vez, sem José Mourinho no banco do Chelsea.

Zlatan Ibrahimovic (39) inaugurou o marcador para os parisienses, o nigeriano Obi Mikel (45) empatou para o Chelsea, mas o uruguaio Edinson Cavani (78) fez o segundo golo para o PSG.

No outro confronto desta terça-feira, o Benfica derrotou o Zenit russo, no Estádio da Luz, em Lisboa, por 1-0, com um golo marcado de cabeça por Jonas aos 90+1’

Neste jogo o Benfica não pôde contar com Luisão, Lisandro e Fejsa, que recuperam de problemas físicos.

O próximo duelo das duas equipas será disputado no dia 9 de março em São Petersburgo.

As oitavas de final da UEFA Champions League continuam, na quarta-feira, com mais dois jogos.

Na Itália, o Roma enfrenta em casa, no estádio Olímpico, o maior vencedor do torneio, o Real Madrid do francês Zinedine Zidane.

O Roma, que teve a pior campanha entre os 16 classificados para as oitavas de final, está a postos, segundo o defesa-central grego, Kostas Manolas :

“O Real Madrid é uma equipa forte, têm jogadores que são campeões mas temos que manter a calma e a concentração. Para jogar contra equipas fortes como esta é preciso dar 120%.”

Líder do Grupo A com 16 pontos dos 18 possíveis, o Real Madrid vem de uma vitória por 4 a 2 sobre o Athletic Bilbao, com dois golos de Cristiano Ronaldo.

Nos seis primeiros jogos, o número 7 marcou 11 vezes, mais quatro que o polaco Robert Lewandowski, o segundo na tabela.

O segundo duelo do dia será entre o Gent, da Bélgica, e o Wolfsburg, da Alemanha, que se enfrentam em Bruxelas.

O Gent terminou em segundo no Grupo H da Liga dos Campeões, com dez pontos (três vitórias, um empate e duas derrotas), atrás do Zenit, que ficou com 15.

Os alemães são favoritos no confronto, principalmente por terem ficado em primeiro no Grupo B, deixando de fora o Manchester United.

O Wolfsburg já provou ser capaz de vencer equipas consideradas favoritas e possui mais experiência em jogos europeus.