Última hora

Em leitura:

Escritora dinamarquesa foi condenada por ajudar família de sírios a chegar à Suécia


Dinamarca

Escritora dinamarquesa foi condenada por ajudar família de sírios a chegar à Suécia

Lisbeth Zornig Andersen, reconhecida escritora e ativista pela defesa dos direitos das crianças na Dinamarca, foi condenada por ajudar uma família de sírios a chegar à Suécia, para aí pedirem asilo.

Um tribunal dinamarquês condenou, Lisbeth Zornig e o marido a uma multa de 22.500 coroas, aproximadamente 3 mil euros, cada um, por tráfico humano

“Estou furiosa, tudo o que vá além de uma absolvição está errado. O que fiz por estas pessoas foi muito pouco, e não digo isto para me desculpar. Há quem faça muito mais para garantir que se toma conta destes refugiados,” afirmou Lisbeth Zornig após sair do Tribunal de Nykøbing.

Lisbeth Zornig conduziu a família síria de Rødbyhavn até casa, em Copenhaga. A partir de lá, o marido levou os seis elementos da família até à estação de comboio, onde lhes comprou os bilhetes para chegarem à Suécia.

A polícia revelou que na Dinamarca 279 pessoas são alvo de processos idênticos, por atos cometidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2016 fevereiro.

Nos últimos meses, Suécia e Dinamarca tornaram as condições de acolhimento de refugiados mais rigorosas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Liga Árabe classifica Hezbollah como organização terrorista