Última hora

Última hora

CE apresenta previsões económicas da primavera com referência a contexto de riscos elevados

As despesas relacionadas com o acolhimento de refugiados podem, apesar de tudo, fortalecer a economia. O comissário europeu com a pasta dos assuntos

Em leitura:

CE apresenta previsões económicas da primavera com referência a contexto de riscos elevados

Tamanho do texto Aa Aa

As despesas relacionadas com o acolhimento de refugiados podem, apesar de tudo, fortalecer a economia. O comissário europeu com a pasta dos assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, defendeu esta perspetiva na divulgação das previsões da primavera do executivo comunitário, apresentando o caso alemão: “Na Alemanha, prevê-se um crescimento económico de 1,6% alimentado, principalmente, pelo consumo e suportado por fundamentos económicos sólidos, bem como por despesas públicas ligadas ao acolhimento de requerentes de asilo. O impacto económico é seguramente positivo.”

O crescimento económico na Europa deverá continuar a ser moderado. Nas previsões da primavera, apresentadas esta terça-feira, em Bruxelas, a Comissão Europeia estima que o PIB da zona euro alcance os 1,6% em 2016. No conjunto dos países do bloco comunitário, o crescimento do PIB deverá diminuir, passando de 2,0 % no ano passado para 1,8 % em 2016 e 1,9 % em 2017.

Em relação à Grécia, apesar da previsão de um crescimento negativo para 2016, a Comissão considera que os dados da segunda metade do ano são positivos.