Última hora

Em leitura:

Pelo menos 11 mortos na explosão de um carro armadilhado no centro de Istambul

mundo

Pelo menos 11 mortos na explosão de um carro armadilhado no centro de Istambul

Publicidade

Esta manhã, em hora de ponta, Istambul foi palco de mais um atentado. Pelo menos 11 pessoas morreram, sete das quais polícias, e mais de 30 ficaram feridas na explosão de um carro armadilhado em Vezneciller, bairro histórico e turístico da cidade.

A bomba terá sido acionada à distância no momento da passagem de um autocarro da polícia pelo local.

O ataque ainda não foi reivindicado.

A Turquia tem sido alvo de vários atentados este ano, incluindo dois ataques suicidas em áreas turísticas de Istambul, atribuídos ao auto designado Estado Islâmico. Houve ainda dois atentados à bomba na capital, Ancara, que foram reclamados pelo grupo Falcões da Liberdade do Curdistão, grupo radical e dissidente do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que lidera desde 1984 uma rebelião contra o Estado turco. Um conflito que já provocou mais de 40 mil mortos.

Aliás, o PKK está neste momento envolvido num combate com o exército turco no sudeste do país. No dia 12 de maio, oito pessoas, entre elas militares ficaram feridas com a explosão de uma viatura armadilhada perto de uma caserna militar no lado asiático de Istambul, um atentado reivindicado pelo PKK.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte