Última hora

Em leitura:

Parlamento suíço "enterra" pedido de adesão à CEE

mundo

Parlamento suíço "enterra" pedido de adesão à CEE

Publicidade

O parlamento suíço enterrou ontem, de forma definitiva, o pedido de adesão à, então, Comunidade Económica Europeia (CEE) formulado em 1992, e rejeitado em referendo sete meses depois.

Um gesto simbólico proposto por um deputado da direita nacionalista (UDC), atualmente no poder, a dias do referendo britânico e que não põe em causa os acordos bilaterais entre Berna e Bruxelas.

Os suíços tinham rejeitado por duas vezes aderir ao bloco europeu, há 24 anos e mais recentemente ao rejeitarem a iniciativa “sim à Europa” numa consulta popular em 2001.

A retirada do pedido de adesão, aprovada com 27 votos a favor e 13 votos contra no parlamento, na quarta-feira, deverá ser agora comunicada a Bruxelas.

Uma votação sem qualquer outra consequência que não seja o fim de um debate nacional em que os nacionalistas da UDC denunciavam a possível adesão ao espaço europeu como uma perda da soberania do pequeno território.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte