This content is not available in your region

Euro 2016: País de Gales canta de galo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira  com Reuters
Euro 2016: País de Gales canta de galo

<p>O futebol do País de Gales teve o momento mais feliz em mais de 50 anos. A seleção galesa terminou a fase de grupos do Euro 2016 com um surpreendente primeiro lugar do grupo B, à frente da eterna rival Inglaterra.</p> <p>Aaron Ramsey, Neil Taylor e Gareth Bale marcaram os três golos sem resposta à Rússia: “Estávamos à espera de uma vitória, mas esta foi absolutamente fantástica, foi o melhor momento da minha vida. Nunca pensei ver este dia”, diz uma adepta.</p> <iframe src="https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FEURO2016%2Fposts%2F1212729818751391&width=500" width="500" height="645" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true"></iframe> <p>Depois do jogo em Toulouse, a alegria dos galeses contrasta com a deceção dos russos, que fazem as malas malas mais cedo: “Estou triste, é mau. Mas que fazer, a vida continua… Dentro de dois anos vamos organizar o Mundial, espero que a nossa equipa se prepare melhor. O País de Gales mereceu a vitória, parabéns a eles”, diz um russo.</p> <p>A Inglaterra, segunda no grupo, não vence nem convence, mas tem também o lugar nos oitavos-de-final assegurado, </p> <p>Depois do empate a um golo com a Rússia, desta vez, em Saint-Etienne, com a Eslováquia, o marcador ficou a zeros. </p> <iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FEURO2016%2Fvideos%2F1212694465421593%2F&show_text=0&width=560" width="560" height="315" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allowFullScreen="true"></iframe>