Última hora

Em leitura:

Exército do Iraque diz ter morto 2500 "jihadistas" em Fallujah

mundo

Exército do Iraque diz ter morto 2500 "jihadistas" em Fallujah

Publicidade

As forças especiais do Iraque dizem que a ofensiva dos últimos dias sobre Fallujah matou mais de 2500 operacionais do Daesh.

O líder das tropas iraquianas no terreno disse que as forças regulares controlam o centro da cidade há vários dias e estão a retirar as minas e bombas deixadas para trás pelo grupo radical.

O general Abdul Wahab Alsadi diz que não falta muito para que toda a zona possa ser considerada segura: “Eles tentam atacar as nossas tropas para provarem que existem. O maior esforço deles é no eixo ocidental. Quando este eixo tiver caído e as nossas tropas tiverem chegado ao bairro de Jolan, nunca mais irão ouvir tiros em Fallujah”, diz.

O sucesso da ofensiva iraquiana tem um reverso da medalha: As dezenas de milhares de deslocados. Muitos daqueles que conseguiram deixar a cidade estão num campo na periferia, onde as Nações Unidas instalaram tendas, que não chegam para todos. Milhares não têm onde dormir.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte